Geral

Publicado em junho 27th, 2014 | by Editorial De Seguranca.com.br

Brasil e Colômbia ampliam cooperação na área de Defesa

Brasil e Colômbia irão ampliar os laços militares e aprofundar a cooperação industrial e tecnológica no setor de defesa. Os ministros da Defesa do Brasil, Celso Amorim, e da Colômbia, Juan Carlos Pinzón Bueno, se reuniram, nesta terça-feira(17) em Brasília, para tratar de temas relacionados à cooperação bilateral e, ao final do encontro, divulgaram um comunicado conjunto com um resumo das medidas, que incluem a ampliação de parcerias no âmbito da União das Nações Sul-Americanas (Unasul).

A primeira dessas iniciativas é iniciar os trabalhos da Comissão Binacional de Fronteira, criada em agosto de 2011. O primeiro encontro do grupo foi marcado já para o próximo mês de março. Também ficou acertada a troca de informações obtidas pelo Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) com a rede de radares colombiana, com o objetivo de combater o crime transnacional.

Uma delegação do país vizinho visitará, em breve, as instalações do Centro Gestor do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam) para discutir possibilidades de maior intercâmbio. Também ficou acertada a proposta de realização de uma reunião com o Peru, para examinar a situação da tríplice fronteira na região de Tabatinga (AM).

 

Cooperação industrial-militar

Na área industrial, a delegação colombiana demonstrou interesse em participar do processo de fabricação do avião de transporte Embraer KC-390. Também propôs o desenvolvimento conjunto de um veículo aéreo não-tripulado (Vant), área em que o Brasil já tem projetos em andamento.

“Os modelos existentes (Vants) não atendem as necessidades de vigilância da Amazônia”, destacou o ministro Pinzón. “Poderíamos colaborar com o Brasil oferecendo a experiência que acumulamos no combate à guerrilha e ao narcotráfico para estabelecer os requerimentos de um projeto adequado à região.”

O ministro Celso Amorim sugeriu a criação de uma comissão conjunta de técnicos das Forças Armadas com o objetivo de revisar e precisar as possibilidades de cooperação em Vants, blindados e defesa cibernética. A proposta foi aceita, com o compromisso de que a primeira reunião do grupo aconteça no Centro Tecnológico Aeronáutico do Brasil (CTA), em São José dos Campos (SP). Leia mais.

Fonte: Ministério da Defesa

Tags:


Editorial

editorial@de-seguranca.com.br




Voltar ao topo ↑

  • Enquetes

    O que você gostaria de encontrar neste site?

    Ver resultados

    Carregando ... Carregando ...
  • Parceiros