Seg. Empresarial

Publicado em junho 27th, 2014 | by Prof. Me. Nino Meireles

Gestor da Segurança Empresarial

Nossa sociedade valoriza em demasia a inteligência. As pessoas querem conhecer pessoas inteligentes, querem casar com pessoas inteligentes, querem ter chefes inteligentes, querem ter colegas inteligentes, querem ter amigos inteligentes. A inteligência é fundamental para nos dar a capacidade de discernir, o que é muito importante para qualquer gestor, mas alguns filósofos afirmam que a inteligência é “um farol que ilumina o caminho, porém não faz caminhar”.

O que nos faz caminhar é a vontade, o querer e a vontade é potencializada quando gostamos do que fazemos. Quando gostamos da nossa profissão, não medimos esforços. Os problemas são encarados de frente, como simples desafios a serem superados e não como barreiras intransponíveis.

Podemos afirmar que é muito importante sermos inteligentes, mas precisamos desenvolver a nossa vontade, o nosso querer.

Os desafios pessoais e profissionais estão cada vez maiores. Na área de segurança empresarial essa realidade se potencializa, pois as empresas estão sendo a cada dia mais desafiadas pelos seus ambientes de tarefa. Ambientes extremamente mutáveis e exigentes. Os resultados positivos nas empresas serão potencializados pelo gerenciamento de riscos e gestão de perdas, pois o resultado positivo virá a partir da melhoria dos processos. As empresas não podem mais ditar o preço de seus produtos ou serviços, pois é o mercado quem dita a regra do jogo.

“Motivação, a chave para o sucesso do Gestor da Segurança Empresarial”

O crescimento da importância da segurança para as empresas tem levado os gestores de segurança empresarial a desafios cada vez maiores. A gestão da segurança tem que estar alinhada com as metas estratégicas da empresa. Tem que ser uma gestão baseada em diretrizes, ou seja, em metas mais as medidas necessárias para alcançá-las. Para esse fim, o gestor tem que utilizar com maestria o ciclo PDCA (planejar, executar, controlar e agir).

Nesse contexto corporativo, o gestor, para ter sucesso, tem que ser um profissional altamente preparado, com uma forte base acadêmica. Mas somente essa formação não é suficiente. O profissional ter que ser altamente motivado, pois a busca pela melhoria contínua das competências (conhecimentos, habilidades e comportamentos) exige determinação, vontade.

O gestor não pode esquecer que a motivação é gerada dentro de cada um de nós. É lógico que existem ambientes favoráveis à motivação, mas a motivação é individual.

O gestor precisa estar motivado, pois o mundo corporativo é extremamente mutável e não acompanhar suas mudanças significa ficar obsoleto rapidamente, ou seja: perder empregabilidade. E perder empregabilidade é estar fora do mercado.

O gestor não pode ficar vivendo o passado, pois esse não nos pertence. Da mesma forma, não podemos nos guardar para o futuro. Devemos sim, planejar o nosso futuro. Diante disso, podemos afirmar que somos inteligentes, que existimos no presente.

Temos que viver intensamente cada dia. Tão importante quanto a motivação e o viver intensamente cada dia é a capacidade de organizar a vida pessoal e profissional. Para essa organização, temos que entender claramente o que é essencial, importante e acidental.

Essencial é tudo que devemos fazer imediatamente, que nos faz caminhar na direção dos nossos objetivos. Importante são as coisas que nos fazem caminhar na direção dos objetivos, mas não tem pressão temporal, logo devem ser feitas após o que é essencial. Acidental não tem pressão temporal nem nos leva, neste momento, ao alcance de nossos objetivos. Infelizmente, muitos profissionais confundem esses conceitos e não conseguem administrar o tempo.

O gestor da segurança empresarial tem que ser um empreendedor. Estudos mostram que para ter sucesso, devemos ter:

• Comprometimento e persistência.
• Grande habilidade no relacionamento interpessoal.
• Grande habilidade em comunicação.
• Alto nível de conhecimento técnico.

Vamos buscar a motivação que existe dentro de cada um de nós e despertar a pessoa cansada que existe dentro de nós. O ditado popular já diz que querer é poder. Quando queremos, caminhamos e superamos os desafios.

Gestores da segurança empresarial sejam motivados e alcancem suas metas pessoais e profissionais e sejam nas organizações, um vetor para o crescimento empresarial.

Tags:


Editorial

Prof. Me. Nino Meireles

, (CPSI), consultor, Especialista em Gestao de Riscos Corporativos e Autor de vários livros na área de segurança empresarial. Site: www.nrm.pro.br




Voltar ao topo ↑

  • Enquetes

    O que você gostaria de encontrar neste site?

    Ver resultados

    Carregando ... Carregando ...
  • Parceiros