Notícias bandidos-sao-goncalo

Publicado em outubro 2nd, 2016 | by Editorial De Seguranca.com.br

Tráfico usa roupa especial para se esconder nas matas

Bandidos de São Gonçalo compraram vários ‘Ghillie Suits’ para enfrentar a polícia na floresta da região do Salgueiro

O Complexo de favelas do Salgueiro, em São Gonçalo, tornou-se uma das principais bases do Comando Vermelho depois da implantação do projeto das Unidades de Polícia Pacificadora (UPP). Enquanto o Estado tentava ocupar territórios na capital fluminense no início da década, o crime migrava e se fortalecia na região metropolitana. Hoje, o local é uma espécie de bunker do tráfico e esconderijo preferido de alguns dos mais procurados criminosos do Rio de Janeiro. Foi lá que, no último dia 26, o traficante Nicolas Labre Pereira de Jesus, o Fat Family, foi morto pela Coordenadoria de Recursos Especiais (Core). Agora, fotos apreendidas pela polícia dão uma dimensão do tamanho do problema. Com uma vasta área de mata, a quadrilha se camufla vestindo roupas especiais para se esconder e emboscar a polícia em ações de combate ao tráfico.

 

“É um pouco dessa tática de guerrilha adotada pelos criminosos, para fazerem emboscadas sem serem vistos na mata”

 

A roupa é conhecida como Traje Ghillie (Ghillie Suit, em inglês), idealizado por escoceses no início do século passado e muito utilizado por caçadores e atiradores de elite (snipers), com o objetivo de se misturar ao ambiente. “É um pouco dessa tática de guerrilha adotada pelos criminosos, para fazerem emboscadas sem serem vistos na mata”, afirma o delegado Fabrício Pereira, que comandou a ação que resultou na morte de Fat Family.

A novidade é fácil de ser adquirida. Numa simples busca no Google há ofertas de todos os tipos desses modelos, com preços variando entre 220 e 600 reais para modelos mais sofisticados. O traje é muito usado por jogadores de paintball. Há sites, inclusive, que ensinam a fazer a roupa em dez passos.

Em uma das fotos obtidas pela polícia, cinco traficantes (pés de chinelo, literalmente) exibem as roupas cobertas de folhas e um armamento pesado. São pelo menos cinco fuzis, sendo um deles com luneta para tiros de precisão. Em outra imagem um traficante faz um close na roupa e no seu fuzil FAL 7.62, pintado com o nome Salgueiro. Em meio à mata, fica difícil até de perceber que é um homem em pé na cena.

Em junho, numa operação do Comando de Operações Especiais (COE), agentes do Bope já haviam apreendido algumas dessas roupas camufladas utilizadas pelos criminosos.
Bandido com a roupa e o fuzil FAL com a inscrição Salgueiro (Reprodução)

Fonte: Revista Veja

Related Posts

  • 39
    Com as celebrações de fim de ano, condomínios residenciais e comerciais se agitam. É o caso dos shoppings que, independentemente do seu porte, recebem uma leva muito maior de visitantes durante as compras de natal. Um exemplo são os estabelecimentos da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) que, já no…
    Tags: de, a
  • 39
    (Para os especialistas são preocupantes os níveis de vulnerabilidade do sistema de votação atual) A nova exigência do voto impresso no sistema eleitoral eletrônico, que passa a valer a partir de 2018, representará um avanço para a confiabilidade do processo, em termos de rastreabilidade, mas não exclui a necessidade de…
    Tags: de, a, do
  • 38
    (Por que é importante discutir uma legislação para proteger o Brasil de backdoors, que são exigências de legislações estrangeiras) Nunca antes nesse país uma palavra-chave ficou tão em voga na mídia - e provavelmente nos mecanismos de pesquisa - quanto a expressão "porta dos fundos". E aqui não nos referimos…
    Tags: de, a
  • 38
    A Aker Security Solutions, empresa brasileira de  com solução referenciada no Quadrante Mágico do Gartner, estará presente na LAAD Defense & Security 2015, que acontece de 14 a 17 de Abril, no Riocentro, Rio de Janeiro. Na ocasião, a empresa apresenta a plataforma de segurança CelAzul, uma tecnologia de criptografia…
    Tags: de, a, do
  • 37
    Cento e um roubos e furtos em oito meses. Foi esse o número registrado no Metrô do Recife este ano, superando os 90 crimes registrados em todo o ano passado. E foi assim que a insegurança do transporte coletivo voltou a ser um dos assuntos mais comentados nas redes sociais…
    Tags: de, a, do

Tags:


Editorial

Foto de perfil de Editorial De Seguranca.com

editorial@de-seguranca.com.br




Voltar ao topo ↑
  • FIQUE INFORMADO

    Receba gratuitamente notícias sobre Segurança Empresarial
    * = campo obrigatório

    powered by MailChimp!

  • Parceiros


Pular para a barra de ferramentas